caçador2

Passa rápido, já faz um mês que as crianças da Comunidade do Caçador estão frequentando a Escola Monte Horebe. Há muitas histórias para se contar nesse período, tempo em que algumas crianças estão ainda se adaptando a nova realidade, mas, sem dúvida, um tempo de aprender e evoluir.

Das muitas histórias que pudemos vivenciar há algumas que nos tocam profundamente, como é o caso da Mayara. Você já imaginou uma criança desejar ser reprovada!? Acredito que isso foge um pouco da normalidade. A menina mencionou que havia reprovado e portanto seria matriculada no 4º ano do ensino fundamental. Verificamos e na verdade ela está no 5º ano, no dia que tivemos a oportunidade de conversar com ela, Mayara chorou, queria ter reprovado para poder estudar no Monte Horebe, já que até o momento só temos turmas até 4º ano isso não é possível. Falamos pra ela avançar, continuar estudando com dedicação e entusiasmo, para um dia poder juntar-se a equipe de trabalho na comunidade.

A equipe que está servindo na escola está bastante entusiasmada, além das professoras da própria comunidade, temos também uma equipe de professores que voluntariamente se dispuseram a trabalhar uma vez por semana, assim, há tempo para a pedagoga trabalhar com o processo de formação com as professoras regentes, enquanto as professoras extracurriculares têm tempo com as crianças para a execução de outras atividades.

Estamos avançando, sem dúvida há desafios, mas, todos os envolvidos no projeto não querem perder de forma alguma a oportunidade de viver na prática o que outrora era um sonho. Vemos na prática a concretização da menção realizada no texto de Jó 42.2 “sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos teus planos podem ser frustrados”, para Deus, tudo é possível!

Deixe um Comentário